O cartão de crédito foi feito para isso!

Usados corretamente, os cartões de crédito oferecem uma maneira flexível de cobrir despesas inesperadas, conseguir alguns bens materiais mais facilmente e até ajudam a criar uma boa reputação financeira. 

No entanto, usados de forma irresponsável, os cartões de crédito podem potencialmente levar a dívidas de longo prazo e situações financeiras difíceis. Por isso, é importante entender como usar o cartão de crédito e como não usá-lo. Felizmente, parte fácil disso se resume ao bom senso! O problema é que o bom senso é meio subjetivo e por isso vou clarear algumas idéias aqui para você.

Os cartões de crédito podem ser uma alternativa conveniente e mais segura ao uso de dinheiro ou débito para fazer compras.

Os cartões de crédito podem ser uma ferramenta útil para ajudá-lo a gerenciar suas finanças e criar seu histórico de crédito. 

Então, qual é a melhor maneira de usar um cartão de crédito? Vou mostrar aqui quatro maneiras de usar seu cartão de forma inteligente e darei algumas dicas para que você possa evitar o acúmulo de dívidas desnecessárias ou fazer você viver mais apertado que uma lata de sardinha.

A armadilha de pagamento mínima

Ah, antes de citar as 4 dicas, tenho que te dizer: você consome tanto no cartão que a fatura vem alta e aí você não consegue pagar. E aí as empresas de cartão de crédito facilitam o chamado "Pagamento Mínimo". Nessa situação, exigindo apenas que você pague um pequena parte do todo, mas sobre o valor que você não conseguiu quitar, eles vão jogar um juros colossal que gira em torno de 450% ano. Traduzindo, sua dívida vai quintuplicar em um ano. 

1. Usando um cartão de crédito para criar crédito, e não para acabar com ele.

Um primeiro passo para quem precisa criar um bom histórico de crédito é ter um cartão. Porém, é necessário efetuar os pagamentos em dia e na totalidade. Já os pagamentos em atraso podem ter um impacto negativo no seu crédito, mas isso você já sabia.

2. Ganhe recompensas

Os cartões de crédito podem ser uma ótima maneira de ganhar recompensas ou reembolsar as compras que você faria de qualquer maneira. Há uma variedade de cartões que recompensam com pontos. Estes pontos podem ser trocado por viagens, estadias em hotéis, passagens em companhias aéreas, cinemas, para citar alguns. O tipo de cartão certo para você dependerá do tipo de recompensa que você deseja ganhar, do seu estilo de vida e dos seus hábitos.

Uma palavra de cautela se você optar por um cartão de crédito ou recompensas em dinheiro, as pessoas que pagam por suas compras com cartão de crédito geralmente gastam mais do que aqueles que pagam em dinheiro. Portanto, se você usar um cartão de crédito para ganhar recompensas, tente usá-lo apenas para pagar pelos itens que normalmente compra de qualquer maneira e que sabe que pode pagar.

E outra cuidado importante: tem cartões que, para dar mais pontos, cobram taxas anuais muito caras e que no final das contas, não compensa pagar mais para ter mais pontos.

3. Defina um limite de crédito sensato

Seu limite de crédito deve ser um valor que você sabe que pode pagar e um que não o tente a gastar mais do que pode pagar.

Se você quiser evitar a tentação de gastar demais no seu cartão, peça ao seu provedor de crédito para reduzir seu limite de crédito. Você pode fazer isso por telefone. Na maioria dos casos, sua conta será atualizada dentro de um a dois dias úteis.

O que eu recomendo é que quem ainda não está acostumado com o controle dessa ferramenta, utilize limites bem pequenos e modestos. O limite do cartão não deve ser maior que a sua renda. Tem gente que ganha 4 mil reais e tem um limite de 10 mil reais no cartão.

O seu cartão não pode ser maior que sua renda.

4. Não use crédito para sobreviver

Se ocorrer uma emergência inesperada, ou se você estiver com pouco dinheiro antes do dia do pagamento, usar crédito ou receber um adiantamento em dinheiro não funcionará a longo prazo. Isso vai tampar o sol com a peneira. Cartão de crédito não é cartão de emergência.

Neste outro post sobre como criar uma reserva de emergência tem o passo a passo para criar um fundo de 6 meses dos seus gastos mensais, para que você não precise confiar no seu cartão de crédito.

Usando cartões de crédito estrategicamente

Embora um cartão de crédito possa oferecer vários benefícios quando usado estrategicamente, também pode levar a altos juros e aumentar a dívida. Aqui abaixo eu coloquei algumas práticas de como ganhar mais pontos no seu histórico de crédito (que é como as empresas te enxergam para oferecer produtos e serviços financeiros) e ainda para ajudar você a manter seu orçamento e saúde financeira no caminho certo.

  • Faça seus pagamentos no prazo. Seu histórico de pagamentos é um dos principais fatores que influenciam seu crédito. Se você atrasar seus pagamentos mensais, isso poderá afetar negativamente sua pontuação de crédito e provavelmente será cobrada uma taxa atrasada.
  • Pague a fatura do seu cartão de crédito na totalidade. O pagamento integral e pontual do seu saldo pode ajudar a evitar a cobrança de juros altos. 
  • Compre apenas o que você pode pagar com dinheiro. Isso pode ajudá-lo a evitar gastos excessivos e a manter seu orçamento todos os meses.
  • Fique bem abaixo do seu limite de crédito. Seu índice de utilização de crédito - o índice entre o saldo total que você deve e o limite total de crédito em todos os seus cartões de crédito - é um dos critérios usados para calcular sua pontuação de crédito. Normalmente, um índice baixo tem um impacto favorável nas pontuações de crédito, enquanto um índice alto tem um impacto negativo. Procure manter sua taxa de utilização de crédito abaixo de 30%.

Conhecimento é tudo. O maior ativo de uma pessoa é a informação que ela detém. Se você está disposta a fazer mais com o seu dinheiro e levar uma vida melhor e mais leve, baixe o e-book Seu Comportamento Financeiro e detenha o conhecimento necessário para fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Acesse o link clicando aqui.

Compartilhe com seus amigos
Click Here to Leave a Comment Below 0 comments