8 escolhas financeiras inteligentes para mulheres

Fazer escolhas financeiras inteligentes é essencial para qualquer pessoal, em qualquer fase da sua vida, mas se você é uma mulher, existem alguns passos específicos que você deve seguir para estar preparada onde quer que a vida a leve.

Você pode ficar solteira, acabar com um parceiro, ou até mesmo começar uma família, mas as escolhas financeiras positivas que você faz podem prepará-la para o sucesso, não importa a vida que você leve.

1. Comece a planejar a aposentadoria

Pensar na aposentadoria provavelmente não está no topo da sua lista de prioridades. Mas uma das coisas mais importantes que você deve fazer é economizar para a aposentadoria. Contribuindo cedo e regularmente para o seu fundo de aposentadoria irá garantir que você está preparada para o sucesso independente do caminho que siga.

Outro bônus? Contribuições antecipadas significam que você pode contribuir com uma porcentagem geral menor de sua renda e não precisa se preocupar em recuperar o atraso mais tarde.

E mesmo que você acabe se casando, faz sentido planejar sua aposentadoria como se você fosse ficar solteira. Isso ajudará você a definir metas de economia adequadas e garantirá que você possa financiar sua aposentadoria por conta própria. E se você se casar? É muito mais dinheiro para compartilhar.

2. Economize para o seu futuro

Além da poupança para a aposentadoria, é importante reservar dinheiro para suas outras metas financeiras. Pode chegar um momento em que você quer comprar sua própria casa ou iniciar seu próprio negócio próprio.

Alcance esses objetivos iniciando suas economias. Você ficará surpreso com a rapidez com que suas economias crescem com apenas um pequeno empurrão.

3. Crie um plano financeiro

Um plano financeiro é outro grande passo a ser dado. Se a ideia parece excessiva, comece com um plano de cinco anos. Onde você quer estar daqui a cinco anos? O que você precisa fazer financeiramente para chegar lá?

Em seguida, decompô-lo em metas e etapas anuais e mensais. Certifique-se de incluir metas de longo prazo, como a aposentadoria, como parte do seu plano. Isso pode incluir cursos de qualificação para promover o crescimento de sua carreira ou um curso para aprender como investir melhor o seu dinheiro e conquistar sua liberdade financeira mais rápido.

4. Certifique-se de controlar seu orçamento

Orçamento é uma das ferramentas mais valiosas para gerenciar seu dinheiro corretamente. Quando você é solteiro, é fácil justificar não não criar um orçamento. São suas despesas pessoais, e se você pagar suas contas, o que importa quando e como você gasta o seu dinheiro?

No entanto, o seu orçamento pode ajudá-lo a encontrar áreas nas quais você pode reduzir os gastos para investir mais dinheiro e começar a criar riqueza. Isso não significa que você deve se privar e nunca se divertir. Em vez disso, determine quanto você pode gastar enquanto trabalha em seu plano financeiro e atenha-se a essa quantia.

5. Evite dívidas

As dívidas podem afetar sua capacidade de dar o próximo passo financeiro, desde a compra de uma casa até a contratação de um empréstimo comercial. Além disso, dedicar tempo para corrigir erros do passado e manter seu nome limpo facilitará o alcance de suas metas no futuro.

6. Certifique-se de ter o seguro certo

Pode ser frustrante ver uma parte de sua renda indo para o seguro a cada mês, mas está lá para protegê-la. Quando você depende de si mesma, a aquisição de seguro de invalidez de curto e longo prazo é uma boa opção, especialmente se você não tiver um grande fundo de emergência.

Este seguro irá protegê-la se você não for capaz de trabalhar devido a uma lesão ou doença. 

7. Não esqueça o seguro de vida

Você pode ficar tentada a não contratar um seguro de vida , especialmente se você não tiver um filho ou alguém por quem você seja financeiramente responsável. Mas, independentemente do seu casamento ou situação familiar, você deve ter uma apólice de seguro de vida grande o suficiente para cobrir os custos do funeral, bem como qualquer dívida pendente que você possa ter. Isso evitará deixar o fardo dessas despesas para sua família ou amigos.

Muitos empregadores oferecem uma política básica que cobrirá esses custos. Se você é responsável por ajudar alguém financeiramente, você pode querer considerar a adoção de uma política mais ampla para que eles possam viver por alguns anos ou mais.

8. Construa seu fundo de emergência

Um fundo de emergência é essencial se você é solteira ou não quer depender financeiramente de ninguém. Pode ser o que impede você de ficar sem teto se perder de repente seu emprego. Também pode ajudar a cobrir despesas inesperadas, como consertos em casa, carro, doença de um animal de estimação ou uma viagem inesperada.

Para as pessoas que vivem com uma renda, o gasto de um ano é uma boa meta, embora você possa começar com seis meses, se isso não for realista.

9. Baixe o E-book "Seu Comportamento Financeiro"

Conhecimento é tudo. O maior ativo de uma pessoa é a informação que ela detém. Se você está disposta a fazer mais com o seu dinheiro e levar uma vida melhor e mais leve, baixe o e-book Seu Comportamento Financeiro e detenha o conhecimento necessário para fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Acesse o link clicando aqui.

Compartilhe com seus amigos
Click Here to Leave a Comment Below 0 comments