Procrastinação – o mau que me assolou por 8 anos

 

Olá estimados leitores, tudo bem?

 

Quero te desafiar a você ser mais feliz. Você topa ou vai fugir da raia?

SEU COMPORTAMENTO FINANCEIRO

Você já conhece seu comportamento financeiro? 

Ainda não?!

Então não espere mais. Conheça esta idéia!

            Eu quero dividir com vocês uma alegria. Desde que eu resolvi abdicar de algumas horas desperdiçadas com assuntos que não são úteis e resolvi escrever meus conhecimentos, ler e estudar mais, a minha cabeça tem sido tomada a todo instante por inúmeras ótimas ideias que eu venho anotando no meu celular. Tenho anotado mais coisas do que venho conseguindo colocar em prática, mas estou aumentando a minha produtividade em escala que eu jamais imaginava.

            O que eu consegui fazer ao vencer a procrastinação? Em 5 semanas eu li 4 livros, sendo 2 em inglês e os outros 2 em português e estes que eu li em português eu li apenas hoje (foram 340 páginas lidas somando os dois). Nestas 5 semanas eu vi 3 filmes, todos em inglês e apenas um com legenda. Nestas mesmas 5 semanas eu produzi este site e escrevi todos os artigos até agora, inclusive o E-BOOK sobre como ganhar tempo. Estou escrevendo um outro livro e já estou com 20 páginas escritas e revisadas até agora. Neste meio tempo venho estudando em dois cursos que estou fazendo. Nestas 5 semanas fiquei uma semana fora sem poder produzir muito, mas absorvendo o máximo de ideias possível, que eu vou explicar mais adiante.

            Uma vez ao acessar um portal de notícias, vi uma nota muito interessante que dizia que as mulheres grávidas se tornam mais produtivas devido as substâncias químicas que o corpo produz. Na época achei interessante mas não dei tanta atenção assim. Estes dias vi o filme LUCY com a atriz Scarlet Johansson e o aclamado ator Morgan Freeman. No filme, a protagonista expande a capacidade cerebral dela de maneira vertiginosa com o uso de CPH4, substância esta que o filme diz que as mulheres grávidas produzem – confesso que não fui ver se é verdade ou não – mas relacionei o filme a notícia. Não sou mulher e muito menos ingeri CPH4, mas me tornei altamente produtivo por ter tomado uma decisão. Sim, apenas UMA decisão.

            DECIDI PARAR DE PROCRASTINAR.

            Nossa, como isso me atrapalhou e atrapalha até hoje, quer dizer, não mais pois não me permitirei mais fazer isso. E o que é procrastinar? É deixar para depois, adiar, alongar, viver postergando suas tarefas. E o que eu procrastinei? Sempre tive vontade de passar o conhecimento que eu tenho para pessoas interessadas em aprender, discutir com outras que tenham conhecimentos complementares e me cercar de uma mentalidade produtiva. Porém eu estava personificando a definição de “estupidez” de Albert Einstein: “estupidez é continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes”.

            Pois é, como eu poderia criar, me envolver com uma nova mentalidade, discutir os assuntos de meus interesses se eu não estava fazendo nada de diferente para modificar o resultado? Que resultados eu poderia esperar?

            É justamente isso que a maioria das pessoas fazem a vida toda. Reclamam ou jogam a culpa em terceiros e não fazem nada para alterar o resultado final.

Se você adia demais suas tarefas e acha que seu caso não tem mais jeito, relaxe e saiba que tem sim. Não me orgulho de dizer isso, mas a preguiça sempre foi uma inimiga muito forte. Delonguei demais as minhas tarefas e da noite para o dia tomei a decisão de mudar. Mudar tudo.

E qual a receita de como eu fiz para mudar da noite para o dia?

COMECEI.

Sim, só foi isso mesmo. Comecei. É só começar.

O que eu queria não era divulgar conhecimento e trocar ideias construtivas? Então montei um site de noite e coloquei um artigo. Não pensei no layout, nem na forma, nem na beleza. Tudo isso é acessório. Eu fiz o prático e o básico.

Se você quer aprender a costurar, não ache que vai fazer uma elaborada jaqueta da moda. Pegue uma linha e agulha e aprenda como fazer coisas simples antes sem se preocupar com a beleza. COMECE.

Quer aprender um idioma. Pegue um livro e comece a aprender ora. Pare de pensar que você fará algo complexo logo de cara ou que alguma coisa precisa de muitos recursos, pois tudo isso só irá te desanimar. Acredite nisso. Apenas faça.

Nestes 8 anos eu li, estudei, trabalhei, viajei para o exterior mas todo o conhecimento ficou comigo. Sempre que pensei em colocar em prática o que eu adquiri, eu aceitei devaneios e outras atividades para matar meu tempo. Desde bater papo-furado até abrir o e-mail umas 4 vezes em uma hora mesmo sabendo que não tinha nada na caixa de entrada. Desperdiçar tempo é muito fácil e ele não volta. Imagina se eu não tivesse perdido todo este tempo, o que eu já teria produzido?

Meu irmão vem fazendo um trabalho na internet, digno de aplausos, ajudando várias pessoas a cuidarem das suas saúdes de maneira natural e saudável. Ele tem se empenhado muito para estudar e criar um programa que beneficie o máximo de pessoas a alcançarem suas metas. Isso me motivou demais. Já há algum tempo que ele me fala do quão bom é partilhar e ajudar as pessoas a se mexerem para buscar seus objetivos pessoais. Eu achava legal mas não me animava a ponto de decidir fazer isso por mim. Falar é sempre mais fácil do que fazer. Certo dia eu vivenciei uma coisa muito boba no meu trabalho que me fez pensar o quanto eu precisava botar em prática o plano de mudar o rumo da minha rotina. Quanto tempo eu iria mais precisar desperdiçar?

Tudo que é raro é caro; ouro, diamante e tempo. Tempo na verdade é o bem mais raro e mais caro do mundo. O tempo é tão raro que este momento só existe uma vez e já passou. O meu dia só tem 24 horas e eu tenho que fazer dele o tempo mais valioso que eu puder, aproveitar e fazê-lo multiplicar. Você jogaria fora um diamante? Não né? E por que joga seu tempo fora?

Não tenho ganhado dinheiro para escrever este artigo ou fazer o site, muito pelo contrário. O que me motiva é botar em prática e saber que eu posso, que eu tenho muito mais valores a compartilhar que eu sabia que eu tinha. Tenho me sentido muito bem e meus dias estão cada vez melhores porque eu me sinto útil, porque eu me sinto produzindo algum conteúdo, porque eu vi pessoas se beneficiando destas leituras.

Existem 4 tipos de pessoas.

A que sabe que sabe, a que sabe que não sabe, a que não sabe que sabe e a que não sabe que não sabe. Eu me encaixava em duas esferas ao mesmo tempo. Eu sabia que sabia mas não sabia que sabia o tanto que eu sabia.

Em qual delas você se encaixa?

Faço com você um convite, uma proposta, um desafio.

Te desafio a testar a mesma alegria que eu sinto agora. Vamos fazer um programa de 3 semanas apenas. Comece. Comece o que você quiser e anote toda as suas ideias. Não tenha vergonha de errar, de ficar feio ou parecer ridículo. Duvido que ao final da 3˚ semana você não estiver se sentindo melhor, mais inteligente, mais motivado, mais alegre e se sentindo mais útil.

Se quiser, vamos fazer isso juntos. Mande um e-mail para contato@estrategiasdevida.com.br com suas dúvidas, sua estratégia e etc.

E AÍ, JÁ COMEÇOU?

Comece compartilhando este texto com seus amigos.

            Muito obrigado.

Compartilhe com seus amigos
This focus area template supports only 2 input fields. Please check your opt-in configuration in order to use this template.