Caro X Barato

Este artigo vai mostrar a outra face do preço de um produto.

O que faz algo ser caro? Descubra aqui!

Aprenda os 5 fatores que deixam um produto caro.

_____________________________________________________________________________________________________________

 – Filho, o pai não vai comprar isso porque é muito caro e eu não tenho dinheiro.

– Mas pai, é só colocar o cartão ou fazer um cheque.

– Eu não tenho dinheiro filho…

– E por que então que o senhor está levando o carrinho cheio de compras?

Tenho certeza que você conhece este diálogo, seja porque ela acontece entre pais e filhos ou entre um casal.

Começo este artigo lhe perguntando duas coisas: O que é caro para você? Como explicar o conceito para uma criança/pré-adolescente ou mesmo seu cônjuge quando ele não entende o motivo de você ter dado uma negativa?

Mas antes de responder, quero pedir para refletir um pouco nos seguintes conceitos: valor, felicidade, uso, custo-benefício e poder de compra.

Estes são os 5 fatores que deixam algo caro ou barato.

Escala de moedas

1. VALOR

Todos os cinco estão interligados. É caro comprar uma van 16 lugares de 120 mil reais para uma família de 8 pessoas mas é um preço aceitável para uma empresa que transporta e faz uso do mesmo.

É caro comprar champagne todo dia mas pode ser barato para quem compra em grande quantidade para revender.

Pode ser caro gastar 10 mil reais em viagem de féria se você não tiver um salário de 15 mil ao mês, mas pode ser necessário recompensar-se pelo seu esforço do ano todo. Enfim, o que pode ser dispendioso em um momento da vida para uma pessoa, pode não ser para outra.

Felicidade2. FELICIDADE

Pagar o preço vai trazer felicidade? Vai fazer você se sentir recompensado?

Passar o dia num parque de diversão ou fazer um passeio de paraglider pode ser muito recompensador. Mesmo que os passeios durem pouco, a alegria de proporcionar este bom momento para si, não tem preço.

3. USO

Você usará realmente aquilo que pagou em sua totalidade? Não é o valor que faz algo ser caro e sim se vai usar por completo aquilo que tem intenção de pagar. Na sua próxima aquisição, veja se vai usar realmente todo o potencial a que se destina determinado bem. Verifique a utilidade e a necessidade de se gastar determinada quantia.

Caro é um bem que força os limites do seu poder de compra e que não terão custo-benefício favorável para a sua felicidade.

Respondendo a segunda pergunta que fiz no início do texto, para explicar que uma coisa é cara tem várias formas de se fazer compreender.

Balança prata

4. CUSTO-BENEFÍCIO

Procure abordar a necessidade de outros itens em detrimento de um item específico. No caso de uma ida ao supermercado com uma filha de 14 anos por exemplo, mostre que é mais necessário comprar uma dúzia de bananas para o bem de toda família do que uma capinha nova de celular que só irá contentar uma pessoa.

Aborde carinhosamente o seu familiar dizendo que determinado item ou serviço será utilizado somente uma vez e que ele não será usado por completo, seja em funcionalidades (que um modelo mais básico supriria) ou em vida útil.

packs-163497_6405. PODER DE COMPRA 

Não menospreze a vontade e os desejos do outro, mas diga que no momento seu poder de compra não lhe permite fazer determinada aquisição. Diga que irá colocar no planejamento e realmente coloque, para que não faça promessas sem futuro. Pode também dizer que não tem condições de comprar, mas que pode pagar parte do preço. Ou melhor ainda, faça como o pai que estimulou o filho a se tornar mais produtivo. O garoto de 14 anos disse que queria um Xbox One mas o pai não tem dinheiro para comprar agora. O pai resolveu desafiar o filho. Se o garoto se aplicar nos estudos de violão que havia começado e tocar uma difícil música espanhola por completo, o pai comprará o video-game. Desta maneira o filho se aprimora e valorizará mais ainda o bem que vai ganhar e enquanto isso o pai cumpre o que prometeu.

A visão positiva de ser caro.

Não é porque é caro que não vale a pena. Por vezes um dos 5 fatores mencionados acima podem deixar algo dispendioso. Ser caro pode estimular você a tornar aquilo barato ou encontrar outra saída. Procure um similar ou mude os planos para exercitar sua criatividade. Conheça marcas novas e mude suas experiências.

Tente, experimente e aproveite. Caro não é impeditivo, é só um divisor de águas. Em que água você quer nadar?

Compartilhe este artigo com seus amigos e curta o Estratégias de Vida no FaceBook, assim você não perde as novidades que estão por vir.

Muito obrigado

Compartilhe com seus amigos
This focus area template supports only 2 input fields. Please check your opt-in configuration in order to use this template.
Click Here to Leave a Comment Below 0 comments